2 anos da Reforma Trabalhista

2 anos da Reforma Trabalhista

Agora em novembro de 2019, a Reforma Trabalhista completará dois anos. Feita para impulsionar a economia, a expectativa do governo era de criar dois milhões de empregos. Apesar de estar longe de virar realidade,  763.000 vagas de emprego já foram criadas.

Um ponto importante da reforma é a “não absoluta razão do empregado” quando aciona o judiciário. Por este motivo, o número de ações trabalhistas caiu 34% em 2018 em relação a 2017. Outra explicação para isso é que agora o reclamante tem de pagar honorários para o advogado da empresa quando a sentença é improcedente.

“Saber que temos alguma chance de não sair perdendo todas as vezes nos processos, nos ajuda a continuar no mercado e até a criar novas vagas de emprego”, diz  Toni de Paula, empresário.

As empresas também foram beneficiadas com a  previsão do artigo 843, §3º (Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT) que admite que o representante da emprega reclamada possa ser qualquer pessoa conhecedora dos fatos e não mais obrigatoriamente um funcionário da empresa. Isso ajuda a diminuir os custos que a empresa tem de deslocar um funcionário à audiência.

Dessa forma,   verifica-se que a Reforma Trabalhista pode ajudar o Brasil a crescer, pois cada detalhe faz toda a diferença.

 



Publicidade
Orçamento por WhatsApp